Donar

segunda-feira, 10 de março de 2014

Espíritos Apegados à Terra

Foto: Espíritos Apegados à Terra

Os espíritos apegados à Terra gravitam para as regiões inferiores do Mundo do Desejo que interpenetra o éter e estão em contato constante e estreito com aquelas pessoas da Terra mais favoráveis a ajudá-los em seus planos diabólicos. Eles geralmente ficam nesta condição de apegados à Terra por 50, 60 ou 75 anos, mas casos extremos foram encontrados em que eles ficaram assim durante séculos. De acordo com o que o autor (Max Heindel) foi capaz de descobrir, parece não haver limite para o que eles possam fazer ou por quanto tempo permanecerão. Mas, o tempo todo, eles estão construindo para si uma terrível carga de pecado e não poderão escapar do sofrimento, pois o corpo vital reflete e grava profundamente no corpo de desejos as suas faltas e quando, finalmente, eles entrarem na existência purgatorial, terão a retribuição que merecem. Este sofrimento é naturalmente longo na proporção do tempo que eles usaram suas práticas execráveis após a morte do corpo denso – outra prova de que “embora os moinhos de Deus moam devagar, eles não deixam nada sem ser moído”.

Os espíritos apegados à Terra gravitam para as regiões inferiores do Mundo do Desejo que interpenetra o éter e estão em contato constante e estreito com aquelas pessoas da Terra mais favoráveis a ajudá-los em seu...s planos diabólicos. Eles geralmente ficam nesta condição de apegados à Terra por 50, 60 ou 75 anos, mas casos extremos foram encontrados em que eles ficaram assim durante séculos. De acordo com o que o autor (Max Heindel) foi capaz de descobrir, parece não haver limite para o que eles possam fazer ou por quanto tempo permanecerão. Mas, o tempo todo, eles estão construindo para si uma terrível carga de pecado e não poderão escapar do sofrimento, pois o corpo vital reflete e grava profundamente no corpo de desejos as suas faltas e quando, finalmente, eles entrarem na existência purgatorial, terão a retribuição que merecem. Este sofrimento é naturalmente longo na proporção do tempo que eles usaram suas práticas execráveis após a morte do corpo denso – outra prova de que “embora os moinhos de Deus moam devagar, eles não deixam nada sem ser moído”.
 

Sem comentários: