Donar

segunda-feira, 10 de março de 2014

A LEI DIVINA E NOSSAS NECESSIDADES

Foto: A LEI DIVINA E NOSSAS NECESSIDADES 
COTIDIANAS 

A LEI de conseqüência ou de Causa e Efeito é, sem dúvida alguma, a mais 
fundamental das leis no destino humano. Convém lembrar, todavia, que não é 
uma lei estática. Freqüentemente a utilizamos para acionar novas causas que 
irão criar novo destino para equilibrar e melhorar o antigo destino que 
trouxemos do passado. A Lei de Conseqüência está intimamente ligada à Lei 
do Renascimento, chamada também como de Lei da Reencarnação. Todos nós 
já vivemos, no passado, muitas outras vidas na Terra, e haveremos, no futuro, 
de viver muitas outras ainda. Em cada uma delas pusemos em ação diversas 
causas, algumas das quais só efeitos. Tais efeitos são denominados dívidas do 
destino. Assim é que estamos pagando débitos e colhendo prêmios do 
passado. É a isso que damos o nome de destino mau ou bom. 
Cabe-nos compreender desde logo, que "caráter é destino". Destino é reflexo 
de caráter. Nosso meio ambiente é um espelho no qual vemos o nosso caráter 
refletido. Não obstante, existe uma exceção a essa regra geral. É que em nosso 
último renascimento pudemos certamente haver-nos reformado de tal sorte 
que agora possuímos o que se pode chamar de um bom caráter, embora 
possamos continuar tendo sofrimentos e dívidas na presente existência, apesar 
de havermos remodelado nossa índole. Isto se deve ao fato de termos trazido 
débitos anteriores, os quais estamos pagando, e, como é do conhecimento 
geral, quando alguém resgata o que deve, considera, geralmente, que tal 
processo é restritivo, limitado e desagradável. Tem, contudo, o consolo de 
saber que as dívidas, uma vez quitadas, não mais podem ser pagas outra vez, 
ficando, portanto, livre delas por todas as vidas futuras. As tendências de 
caráter que mais freqüentemente causam mau destino são: a cólera, o temor, o 
orgulho, o ódio, a vingança, a sensualidade, o egoísmo
 
 
A LEI DIVINA E NOSSAS NECESSIDADES
COTIDIANAS

A LEI de conseqüência ou de Causa e Efeito é, sem dúvida alguma, a mais
fundamental das leis no destino humano. Convém lembrar, todavia, que não é
uma lei estática. Freqüentemente a utiliza...mos para acionar novas causas que
irão criar novo destino para equilibrar e melhorar o antigo destino que
trouxemos do passado. A Lei de Conseqüência está intimamente ligada à Lei
do Renascimento, chamada também como de Lei da Reencarnação. Todos nós
já vivemos, no passado, muitas outras vidas na Terra, e haveremos, no futuro,
de viver muitas outras ainda. Em cada uma delas pusemos em ação diversas
causas, algumas das quais só efeitos. Tais efeitos são denominados dívidas do
destino. Assim é que estamos pagando débitos e colhendo prêmios do
passado. É a isso que damos o nome de destino mau ou bom.
Cabe-nos compreender desde logo, que "caráter é destino". Destino é reflexo
de caráter. Nosso meio ambiente é um espelho no qual vemos o nosso caráter
refletido. Não obstante, existe uma exceção a essa regra geral. É que em nosso
último renascimento pudemos certamente haver-nos reformado de tal sorte
que agora possuímos o que se pode chamar de um bom caráter, embora
possamos continuar tendo sofrimentos e dívidas na presente existência, apesar
de havermos remodelado nossa índole. Isto se deve ao fato de termos trazido
débitos anteriores, os quais estamos pagando, e, como é do conhecimento
geral, quando alguém resgata o que deve, considera, geralmente, que tal
processo é restritivo, limitado e desagradável. Tem, contudo, o consolo de
saber que as dívidas, uma vez quitadas, não mais podem ser pagas outra vez,
ficando, portanto, livre delas por todas as vidas futuras. As tendências de
caráter que mais freqüentemente causam mau destino são: a cólera, o temor, o
orgulho, o ódio, a vingança, a sensualidade, o egoísmo

Sem comentários: