Donar

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Um dos selos usados por D. Afonso Henriques nos documentos.

Foto: Um dos selos usados por D. Afonso Henriques nos documentos.

Portugal e a Rosacruz.

Desenho de Miguel Ângelo M de Carvalho

Nas moedas de um e dois euros de Portugal está este símbolo, como que comunicando que a cultura universalista lusíada, ligada ao primeiro rei deste país, deve ser levada à construção da União Europeia, rumo ao Quinto Império.

A primeira moeda cunhada por este rei, o dinheiro, numa liga de prata e cobre, foi usada desde 1139 a 1185, tem no reverso um pentagrama, estrela de cinco pontas.

 Estes dados revelam, como Portugal está intimamente ligado à Ordem Rosacruz, como às suas elevadas missões universalistas, cumpridas, e outras que faltam concretizar, quando cair o segundo império, o de Roma.

O messianismo lusíada, em grande parte baseado no judaico, está ligado a profecias antigas, que foram alvo de interpretações e divulgações desde Padre António Vieira, Bandarra, Fernando Pessoa, Agostinho da Silva e outros.


Um dos selos usados por D. Afonso Henriques nos documentos.

Portugal e a Rosacruz.

Desenho de Miguel Ângelo M de Carvalho
...
Nas moedas de um e dois euros de Portugal está este símbolo, como que comunicando que a cultura universalista lusíada, ligada ao primeiro rei deste país, deve ser levada à construção da União Europeia, rumo ao Quinto Império.

A primeira moeda cunhada por este rei, o dinheiro, numa liga de prata e cobre, foi usada desde 1139 a 1185, tem no reverso um pentagrama, estrela de cinco pontas.

Estes dados revelam, como Portugal está intimamente ligado à Ordem Rosacruz, como às suas elevadas missões universalistas, cumpridas, e outras que faltam concretizar, quando cair o segundo império, o de Roma.

O messianismo lusíada, em grande parte baseado no judaico, está ligado a profecias antigas, que foram alvo de interpretações e divulgações desde Padre António Vieira, Bandarra, Fernando Pessoa, Agostinho da Silva e outros.
Ver mais


Sem comentários: