Donar

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

“o guerreiro da luz escolhe seus inimigos- el guerrero de la luz elige a sus enemigos



 
 
Diz um poeta: “o guerreiro da luz escolhe seus inimigos”.
O guerreiro sabe do que é capaz. Não precisa sair pelo
mundo contando suas qualidades e virtudes. Entretanto - como
no velho Oeste - a todo o momento aparece alguém querendo
provar que é melhor que ele.
O guerreiro sabe que não existe "melhor" ou "pior": cada um
tem os dons necessários para o seu caminho individual.
Mas certas pessoas insistem. Provocam, ofendem, fazem de
tudo para irritá-lo. Neste momento, o coração do guerreiro diz:
"não aceite as ofensas, elas não vão aumentar a sua habilidade.
Você vai se cansar à toa".
Um guerreiro da luz não perde seu tempo escutando
provocações; ele tem um destino a ser cumprido.
Dice un poeta: el guerrero de la luz elige a sus enemigos.
El guerrero sabe lo que es capaz de. No tienes que dejar la
Mundo contando sus cualidades y virtudes. Sin embargo-como
en el viejo oeste-en todo momento aparece alguien queriendo
demuestra que eres mejor que él.
El guerrero sabe que no existe "mejor" o "peor": cada
ha los dones requeridos para su camino individual.
Pero insistir en algunas personas. Provocar, ofender, hacer
todo lo que le molesta. Ahora, el corazón del Guerrero dice:
"no tomar la ofensiva, no aumentan su habilidad.
Te cansarás sin motivo ".
Un guerrero de la luz no pierde su tiempo escuchando
provocaciones; Tiene un destino a cumplirse.

Sem comentários: